A Contrarreforma Católica no Século XXI

Últimos artigos

Cronologia de uma vida e obra

Esta cronologia não inclui todas as obras e eventos da vida do Padre de Nantes, mas apenas dá uma visão geral.

Liber Accusationis Quartus

Nem sequer é uma questão de examinar a legitimidade, e muito menos a infalibilidade de tal ensino, mas apenas de notar um fato: o Credo de Bento XVI já não é o Credo católico. É, portanto, infalivel anátema. Ele consiste numa negação quíntupla: São Pedro negou seu Mestre três vezes. Bento XVI, seu sucessor, nega-O cinco vezes.

Jean_Paul_II_beatifie

Uma sacrílega beatificação

Se as acusações do Padre de Nantes eram falsas, seriamente imprecisas, é dever de Bento XVI para dar-nos a caridade de um julgamento de forma adequada, de acordo com a lei da Igreja (cânon 221), como o Padre de Nantes incessantemente exigiu em toda a sua vida. A legitimidade da beatificação no próximo dia 01 de maio depende desse juízo preliminar.

j-p-2

A Apoteose do Anticristo

Na atual situação catastrófica da Igreja, fatos e estatísticas diariamente confirmam as previsões e análises que o Pe. de Nantes apresentou em Roma em 1983. Elas são o resultado que se poderia esperar dos erros doutrinais através dos quais ele criticou João Paulo II. Por conseguinte, não é possível considerar que a anteriormente referida beatificação não é nada mais do que um abuso de poder, uma arsenal de publicidade.

Abbe-de-Nantes_defenseur-foi

O Padre Georges de Nantes : Fidei defensor

Georges de Nantes foi um padre e teólogo católico que acreditava que as novas "orientações" do Concílio Vaticano II (1962-1965), acolhidas e desenvolvidas pelos Papas Paulo VI e João Paulo II, foram um desastre absoluto para a Igreja. Para ele, o Concílio e os seus defensores têm comprovadamente ensinado ou, pelo menos insinuado, novidades e crenças acatólicas, que nunca antes foram oficialmente sustentadas pela Igreja.

Abbe-de-Nantes_Messe-Chartres

A única Missa Católica

O Santo Sacrifício da Missa não é o primeiro dos sacramentos, mas é certamente o maior. É também o mais abundante, desde há séculos o Sacrifício e Sacramento da Última Ceia e do Calvário tem sido reiterado inúmeras vezes por dia em todo o mundo evangelizado.